Ferrari prepara novas mudanças para tentar primeira vitória na Áustria

0
11

A Ferrari segue quebrando a cabeça em busca de melhorias no carro a fim de conquistar a primeira vitória na temporada 2019 da Fórmula 1. Depois de promover algumas mudanças para o Grande Prêmio de Paul Ricard, na França, a escuderia italiana terá novamente novas peças no modelo SF90 para a corrida na Áustria, realizada no circuito de Spielberg, marcado por muitas retas e curvas rápidas.

“Não acho que tivemos as melhores respostas no último fim de semana. Ainda faltam repostas e estamos trabalhando nisso. Vamos ter alguns itens de teste novamente na Áustria para tentar entender e compreender completamente o quanto as novas peças vão funcionar como o esperado e evoluir no aspecto de desempenho do carro”, disse Mattia Binotto, chefe da escuderia italiana.

“Estamos felizes em estar de volta à pista rapidamente, porque é a melhor maneira de testar novamente e tentar entender os elementos que não correram de acordo com o planejado na França. A previsão é de condições muito quentes, então será um fim de semana exigente na refrigeração fontal, tanto para o motor quanto para os freios”, alertou o dirigente.

Sem nenhum triunfo em 2019 e com dificuldades para superar a Mercedes, a Ferrari segue confiante em um segundo semestre diferente. As pistas mais velozes da Alemanha, Bélgica e Itália são apostas da equipe italiana, que não irá abdicar dos trabalhos visando evolução ainda na primeira metade da temporada na fábrica de Maranello.

“Estamos sempre tentando entender melhor nosso carro, temos algumas idéias. Nós vimos que, como no Canadá, até mesmo a vantagem entre a Ferrari e a Mercedes em diferentes corridas e circuitos é diferente e podemos esperar circuitos ainda melhores para nós nas próximas corridas. Mas sabemos que precisamos desenvolver e melhorar o carro”, finalizou Binotto.

Apesar de todos os problemas apresentados nas primeiras oito provas do ano, a Ferrari segue como vice-líder do Mundial de Construtores, atrás apenas da Mercedes. Com 198 pontos, no entanto, a equipe italiana está cada vez mais distante da primeira colocada, dona de 338 pontos.


Toto Wolff diz que Hamilton não é tão reconhecido como deveria

Doria critica local de possível novo autódromo no Rio: “Só a cavalo”

Câmara Municipal manifesta apoio à Fórmula 1 em São Paulo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui