Com centroavantes em baixa, meias se destacam no ataque do Palmeiras

0
5
Veiga é um dos destaques do Palmeiras na temporada (Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press)

Apesar da consistente temporada feita pelo Palmeiras, os centroavantes não conseguem seguir o ritmo da equipe. Responsáveis por exercer a função de referência no ataque, Borja, Deyverson e Arthur Cabral somam apenas nove gols, abrindo espaço para o protagonismo dos meias no comando ofensivo do time palestrino.

Se os atacantes possuem dificuldades em balançar as redes, os meio-campistas demonstram desenvoltura no fundamento, tanto é que o artilheiro da temporada é Gustavo Scarpa, dono de sete gols. O vice-goleador é Deyverson, que fez cinco tentos e tem a preferência diante de Borja (3) e Arthur Cabral (1).

Em seguida, três meias dividem a terceira posição na estatística, com quatro gols: Ricardo Goulart – já de volta ao futebol chinês –, Dudu e Raphael Veiga. O último, inclusive, garantiu a vitória sobre o Athletico-PR, no sábado, após converter pênalti sofrido pelo camisa 7. Com um tento a menos, Zé Rafael, que tem recebido mais chances na equipe, aparece na sequência.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

Dos 51 gols do Palmeiras no ano, 26 vieram por meio de pontas e meio-campistas responsáveis por funções mais ofensivas, ou seja, mais de 50%. Os centroavantes, por outro lado, figuram apenas com nove, o que culmina em menos de 20%. O restante é dividido entre defensores e volantes, além de gols contra.

Diante desse cenário, Willian pode ser usado por Felipão centralizado no comando de ataque. Fora desde o último mês de dezembro, o jogador está recuperado de uma cirurgia para corrigir lesões nos ligamentos cruzado e colateral medial do joelho, e reunirá condições de jogo após a pausa para a Copa América.

O Palmeiras lidera o Campeonato Brasileiro, com 19 pontos –  o clube aguarda o julgamento do Superior Tribunal de Justiça Desportiva em relação ao pedido de anulação da vitória sobre o Botafogo. Na próxima quinta-feira, diante do Avaí, às 20 horas (de Brasília), pela 9ª rodada da competição, o Verdão torce por um melhor aproveitamento dos centroavantes para seguir na ponta.

*Especial para a Gazeta Esportiva


Veja gols e entrevistas da final da Copa Libertadores 1999

Relembre quando o Palmeiras eliminou o Inter nas quartas para ser campeão da Copa do Brasil

Com dores no púbis, Mayke desfalca treino de reapresentação no Palmeiras

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui