11 filmes brasileiros na Netflix que você deveria assistir

0
45

Montagem/DivulgaçãoMusical, drama, cinebiografia… Na produção recente do cinema brasileiro há bons filmes para todos os gostos.

Foi na 72ª edição do Festival de Cannes, nesta ano, que o Brasil teve sua melhor performance, conquistando vitórias inéditas. No evento encerrado no último sábado (25), Bacurau, de Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles, levou o prêmio do júri, enquanto A Vida Invisível de Eurídice Gusmão, com direção de Karim Aïnouz e produção de Rodrigo Teixeira, da RT Features, saiu campeão da mostra Um Certo Olhar. Também produzido por Teixeira, The Lighthouse, do norte-americano Robert Eggers, levou o prêmio da crítica na Quinzena.

Todos essas honrarias validam a potência e qualidade do cinema nacional justamente em um momento em que políticas públicas para o setor estão ameaçadas. Inspirado pelos feitos do cinema nacional no festival mais importante do mundo, o HuffPost Brasil selecionou 11 produções recentes disponíveis na Netflix que também fizeram bonito em importantes festivais internacionais, junto à crítica especializada ou nas bilheterias.

1. Cinema, Aspirinas e Urubus (2005)

Divulgação

Johann é um alemão que, em 1942, foge da Segunda Guerra Mundial e passa a vender aspirinas no sertão nordestino. A bordo de seu caminhão, ele conhece Ranulpho, que quer chegar até o Rio de Janeiro em busca de uma vida melhor. Esse encontro é transformador para ambos os personagens. Cinema, Aspirinas e Urubus integra a lista de 100 Melhores Filmes Brasileiros de Todos os Tempos feiro pela Abracine (Associção Brasileira de Críticos de Cinema). Outra curiosidade: o roteiro do longa também leva a assinatura de Karim Aïnouz.

Assista ao filme aqui

2. Nise: O Coração da Loucura (2015)

Divulgação

Este drama retrata o período em que a psiquiatra alagoana Nise da Silveira (1905-1999) trabalhou em um hospital psiquiátrico no subúrbio do Rio de Janeiro, propondo a eliminação, para pacientes com esquizofrenia, da prática de eletrochoque e lobotomia. Ela encontra resistência dos colegas de trabalho, assumindo, por fim, o abandonado Setor de Terapia Ocupacional, onde revoluciona a forma de tratamento dos pacientes.

Assista ao filme aqui.

3. Cidade de Deus (2002)

Divulgação

Uma das obras brasileiras mais influentes do cinema nas últimas décadas, Cidade de Deus mostra o crescimento do crime organizado na Cidade de Deus, comunidade que já foi um dos lugares mais perigosos do Rio de Janeiro nos anos 80. A produção entrelaça histórias de diferentes personagens e eventos a partir dos anos 60. E tem como narrador o personagem Buscapé, jovem que consegue driblar seu destino no mundo do crime. Trata-se do único filme brasileiro na tradicional lista de 100 Melhores Filmes da BBC.

Assista ao filme aqui

4. Tropa de Elite (2007)

Divulgação

O longa retrata o dia a dia de um grupo de policiais e de um capitão do BOPE (Batalhão de Operações Policiais Especiais), que está esgotado e prestes a se aposentar, mas precisa encontrar um substituto para seu posto. A produção conquistou o Urso de Ouro, o prêmio de maior prestígio do Festival de Berlim.

Assista ao filme aqui.

5. Temporada (2018)

Divulgação

Depois de ser aprovada em um concurso público, Juliana deixa Itaúna, no interior de Minas Gerais, onde vivia com o marido, para morar em Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte. No endereço, ela começa a trabalhar como agente de combate a endemias e vê sua vida recomeçar em diferentes sentidos. Temporada foi o grande vencedor do Festival de Brasília 2018.

Assista ao filme aqui

6. Paraíso Perdido (2018)

Divulgação

Paraíso Perdido é o nome de uma boate de administração familiar que tem, essencialmente performances de música brega dos herdeiros de José – cantor veterano que comanda a casa. Entres os principais personagens desse ambiente estão: Ímã, neto querido da família e alvo de ataques homofóbicos; Angelo, tio de Ímã e pai de Celeste; e Eva, mãe de Ímã, que acaba de sair da cadeia e mantém uma relação com Milene. O retorno de Eva é o que altera o destino de todoS os personagens. 

Assista ao filme aqui

7. Mais Forte Que o Mundo: A História de José Aldo (2016)

Divulgação

O filme retrata a jornada do lutador José Aldo. Nascido e criado em Manaus em uma família de pai alcoólatra e violento, Aldo encontra na luta sua válvula de escape. São diferentes as tentativas do protagonista de adentrar ao mundo do esporte, até que ele decide se mudar para o Rio de Janeiro onde, com ajuda do treinador Dedé, dá início à sua gloriosa carreira no MMA.

Assista ao filme aqui

8. Chatô: O Rei do Brasil (2015)

Divulgação

Retrato da trajetória do jornalista e magnata da comunicação Assis Chateaubriand, Chatô: O Rei do Brasil é inspirado na biografia escrita por Fernando Morais. Os acontecimentos na vida do protagonista são apresentados a partir de delírios provocados por um AVC. Essa é uma das produções mais curiosas do cinema nacional, uma vez que começou a ser filmado em 1995, sendo finalizado e lançado somente em 2015. Isso mesmo, 20 anos depois.

Assista ao filme aqui.

9. Hoje Eu Quero Voltar Sozinho (2014)

Divulgação

A trama aborda a história de um adolescente cego que – enquanto tenta lidar com a superproteção da mãe -, se apaixona pelo novo colega de classe e se descobre gay. A produção conquistou o prêmio da Crítica Internacional do Festival de Berlim.

Assista ao filme aqui

10. Bruna Surfistinha (2011)

Divulgação

O filme narra a história de Raquel Pacheco, uma jovem da classe média paulistana que decide abandonar a família e se tornar prostituta. Com o codinome Bruna Surfistinha, ela compartilha suas experiências sexuais e afetivas em um blog e acaba ganhando projeção nacional. A produção é baseada no best-seller O Doce Veneno do Escorpião, escrito por Raquel.

Assista ao filme aqui

11. Mundo Cão (2016)

Divulgação

Santana é um funcionário de Centro de Controle de Zoonoses de São Paulo que trabalha recolhendo cães de rua. Certo dia, ele e  um colega de trabalho capturam um rottweiler sem dono em uma escola. Nenê, o dono do animal, tenta recuperá-lo dias depois no Departamento  – mas já é tarde. Uma discussão entre os dois sujeitos desencadeia consequências graves para Santana.

Assista ao filme aqui.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui