Como ter uma amizade colorida que não se transforme em um relacionamento confuso

0
14

CarlosDavid.org via Getty ImagesAmizade colorida pode ser uma boa ideia na teoria. Mas na prática…

Como muitas pessoas de 30 anos que já estiveram solteiras por longos períodos de tempo, o artista Kyle B., que vive em Nova York e se descreve como “o gay do escritório”, já teve sua justa parcela de amizades coloridas, ou friends with benefits (amigos com benefícios). Vamos chamar aqui de FWB.

O sexo quase sempre é ótimo, mas às vezes essas situações de FWB – amigos que também fazem sexo—não são tão claras e inequívocas quanto Kyle gostaria que fossem.

Ele explicou ao HuffPost: “Minha opinião pessoal sobre as amizades coloridas é que elas podem sofrer os mesmos problemas que a maioria dos relacionamentos humanos: as pessoas guardam segredo sobre algumas coisas, as expectativas de um não correspondem às do outro, há ciúmes, motivações que não chegam a ser articuladas, e há a tendência a fazer a outra pessoa de seu terapeuta ou apoio de saúde mental”.

Ele tem razão. Estudos indicam que as amizades coloridas podem funcionar quando as duas pessoas se comunicam bem e respeitam os limites uma da outra, mas a situação quase sempre se complica com o passar do tempo.

Para ajudar você a se orientar no meio dessa confusão, pedimos dicas a alguns especialistas em namoro.

Veja se você consegue lidar com a complexidade emocional de um relacionamento do tipo FWB.  

Um relacionamento de FWB parece uma ótima pedida: você ganha um dos principais benefícios de um relacionamento – sexo regular, sexo no dia a dia! – sem todas as complicações de um relacionamento de longo prazo: dividir as contas, cuidar das tarefas domésticas, servir de contrapeso emocional um do outro.

Mas nem todo o mundo é capaz de enxergar o sexo dessa maneira. Se você tende a sentir ciúmes, é alguém que se apega ao outro por ansiedade ou anseia secretamente por um relacionamento de verdade, uma amizade colorida não é a opção certa para você, disse David Stultz, coach de namoro e administrador do site The Fearless Man

“Relacionamentos de FWB são relacionamentos interdependentes. Cada um dos 2 envolvidos precisa respeitar as decisões e o estilo de vida do outro. A outra pessoa não é seu namorado, não é sua namorada; logo, você não tem direito a dizer a ela o que deve fazer nem com quem.”

Se a pessoa com quem você tem uma amizade colorida começa a se envolver seriamente com uma terceira pessoa, você precisa encarar numa boa, já que vocês não estão namorando oficialmente, disse Stultz.

Defina claramente na sua própria cabeça o que é “amigo” e quais são os “benefícios” e certifique-se de que seu amigo segue as mesmas definições.

Discutam francamente desde o início o que vocês 2 querem com a relação.

Talvez vocês queiram curtir Netflix e alguns amassos, mas não passar a noite um na casa do outro. Ou então pode ser que dormir na casa do outro e tomar o café da manhã com ele no dia seguinte seja ótimo para ambos.

O importante, disse Kyle B., é que vocês 2 conversem desde o início e frequentemente para deixar claro o nível de intimidade com que ficam à vontade.

“O que pode atrapalhar a amizade colorida é se houver intenções diferentes, não o próprio conceito de uma amizade com benefícios”, disse Kyle.

“Fora isso, é claro que todas as outras regras de ser uma boa pessoa e de cultivar vínculos sadios e significativos se aplicam à amizade colorida: converse com o outro. Mantenha-o informado. Não o humilhe por estar tendo sentimentos inesperados.”

E, obviamente, sempre se manifeste quando algo o estiver incomodando, e ouça de verdade quando a mesma coisa estiver acontecendo com seu amigo. 

Não inicie uma amizade colorida com alguém com quem você na realidade quer mais do que isso.

Não há razão para disfarçar seus sentimentos. Se você sabe que quer algo mais profundo com alguém, não converta a amizade em amizade colorida, achando que você vai dar conta disso, recomendou Christal Fuentes, coach de relacionamentos e apresentadora do podcast Talk Listen Change.

“Não inicie algo casual com a pessoa se você já sabe que não é isso que você realmente quer dela”, disse Fuentes. “Sim, é verdade que uma relação de FWB tem o potencial de virar algo mais, mas não entre nela já com uma expectativa de um resultado xis.”

Seja totalmente transparente sobre sua vida sexual. 

É essencial vocês 2 entenderem claramente até que ponto seu relacionamento de FWB é aberto ou é exclusivo.

Além disso, você precisa se sentir à vontade em perguntar a seu amigo sobre sua história sexual. Se não existe esse nível de transparência entre vocês, é inevitável ocorrerem situações incômodas, disse o terapeuta Kurt Smith, especializado em atender homens.

“Um cliente que atendi ontem estava sentindo ciúmes porque seu ‘amigo especial’ também está transando com outros caras”, ele contou.

“Outro homem que atendo ainda está com raiva da amiga com quem tinha uma amizade colorida porque ele está com herpes e acha que pegou dela. Evidentemente, a franqueza em relação a tais assuntos é imprescindível, assim como escolher alguém em que você acha que pode confiar.”

Reconheça que FWBs e “f**k buddies” são coisas completamente diferentes.  

Sejamos francos: em nossa cultura atual de relacionamentos casuais, muitos de nós confundimos as amizades coloridas com relacionamentos de “fuck buddies”. FWB ou amizade colorida é exatamente isso: duas pessoas que já eram amigas e que decidem acrescentar o sexo à sua amizade.

Já um “fuck buddy” é uma pessoa com quem você frequentemente faz sexo casual, só isso, disse Kev Hick, coach de namoro e criador do canal do YouTube Kev Hick Talks Guys With Girls.

“FWBs, amigos com benefícios, são pessoas que são amigas, com ou sem os benefícios sexuais”, ele explicou. “São amigos de verdade que simplesmente acrescentaram sexo às coisas que fazem juntos. Fuck buddies são pessoas um pouco como amigos, mas que mantêm o relacionamento apenas para fazer sexo com você. Há pouca expectativa de lealdade, porque o vínculo entre fuck buddies não é emocional, apenas físico.”

Se vocês 2 estão dizendo que são FWBs, e não fuck buddies, para que a relação não pareça tão transacional, vocês certamente vão sair feridos. 

As amizades coloridas envolvem respeito e limites. 

Você pode não estar em um relacionamento romântico convencional com seu FWB, mas merece o respeito e comunicação dele.

Os FWBs merecem todo o respeito e a confiança que devem existir nos relacionamentos românticos, especialmente porque as “regras” são menos definidas e há mais espaço para complicações.

“Se você pensar bem, uma amizade colorida é muito semelhante a um relacionamento”, disse Fuentes. “Perguntem-se: o que queremos desta relação? O que estou pedindo a meu FWB? Respeitem os limites um do outro. Como é o caso com qualquer relacionamento, se não houver respeito é muito fácil ultrapassar os limites do outro.”

Priorize a amizade, mais que os benefícios.

No fim das contas, vocês dois são amigos que também transam. Se vocês eram realmente amigos antes de incluir o sexo na relação, façam o possível para preservar a relação de amizade, aconselhou Hick. Se as coisas começarem a ficar muito complicadas ou se um de vocês começar a ter sentimentos pelo outro que não são correspondidos, salvem a amizade.

“O melhor jeito de fazê-lo é passar tempo juntos sem fazer sexo, como fazem os amigos de verdade”, disse Hick. “Se a amizade original não é alimentada, as duas pessoas podem sentir que foram rebaixadas para um ‘booty call’ – alguém a quem você recorre quando não tem mais com quem transar. Se os sentimentos entre as duas pessoas não forem mútuos, parem de fazer sexo juntos.”

*Este texto foi originalmente publicado no HuffPost US e traduzido do inglês.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui