Mourão jura lealdade a Bolsonaro: ‘Não há nenhum tipo de tutela com o presidente’

0
16

Em viagem aos Estados Unidos, o vice-presidente Hamilton Mourão afirmou ao jornal O Globo que é totalmente leal a Jair Bolsonaro e que o presidente está tentando uma “segunda linha de ação” com o Congresso. 

“Ele [Bolsonaro] partiu para um outra linha de ação, e isso faz parte do jogo político”, disse o vice sobre reunião de Bolsonaro com líderes dos partidos para conversar a reforma da Previdência, na última quinta-feira. “Ou a gente se rende àquela coalizão que era feita antigamente, e o presidente não quer isso, ou tentamos novas formas. (…) Vamos tentar o diálogo com os diferentes partidos.”

Questionado por políticos brasileiros, Como Ciro Gomes, e americanos por ter uma “agenda paralela” ao do presidente, Mourão se defende e diz que está nos Estados Unidos a mando de Bolsonaro: “Eu estou aqui autorizado pelo presidente da República.”

“Ciro Gomes passou a me rotular dessa forma, e eu deixo muito claro para todo mundo: no meio onde eu vivi toda a minha vida, a disciplina intelectual e a lealdade para com o comandante são clausulas pétreas. Então a minha lealdade para com o presidente Bolsonaro é total e todos os meus movimentos são do conhecimento dele.”

Ainda sobre o assunto, Mourão afirmou que não existe “ala militar” do governo. “Parece que, diariamente, ao final do dia, ali pelas oito da noite, em algum canto escondido do Palácio do Planalto, eu, Heleno, Santos Cruz, Floriano Peixoto, nos reunimos e dizemos: o que que vamos fazer agora? Isso não acontece”, contou ao O Globo. “Agora, o presidente tem um estilo próprio dele, e a gente tem que saber trabalhar com o estilo do presidente. Não há nenhum tipo de tutela, moderação, segurar o presidente.” 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui