‘United’ permitirá que passageiros se identifiquem com gênero ‘não-binário’

0
16

“Estamos entusiasmados ao compartilhar esta notícia com os nossos clientes ― quer eles se identifiquem não-binários, como homem, mulher, ou não ―, que estamos dando passos para demonstrar nosso cuidado com eles”, pontuou Enqvist, ao dizer que funcionários também terão treinamento adequado para que pessoas que se identificam com qualquer gênero se sintam bem-vindas.

Em inglês, a United explica que, durante a aquisição de passagens, os clientes podem utilizar o título “Mx.”, além dos tradicionais “Mr.” (abreviação de Senhor em inglês) para os homens e “Ms.” (abreviação de Senhora) para as mulheres.

O “x” ou o “e”, muitas vezes, é adotado como uma estratégia mais inclusiva na forma de se referir a um grupo de pessoas ou até mesmo a uma pessoa só, sem precisar enquadrá-la em um gênero específico.

No momento da compra da passagem, clientes também poderão identificar seu gênero como “homem”, “mulher”, “não revelado” e “não especificado”, de acordo com o gênero especificado em documentos de identificação.

Segundo Alana Vagianos, repórter do HuffPost US, estados norte-americanos como Oregon, Califórnia, Arkansas e Washington oferecem atualmente uma terceira opção de gênero em certidões de nascimento.

O estado de Washington D.C, oferece a possibilidade de adicionar uma terceira opção de gênero em carteiras de motorista.Rrecentemente, o Conselho da Cidade de Nova York anunciou que oferecerá “X” como categoria de gênero para pessoas que não se identificam como mulheres ou homens.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui