Mancini vê São Paulo travado e aposta “na fala” contra Corinthians

0
18
Vagner Mancini terá apenas um treino com todo o elenco antes do clássico (Foto: Sergio Barzaghi/Gazeta Press)

Com um curto período de preparação, o técnico interino Vagner Mancini aposta no aspecto motivacional para o São Paulo surpreender o Corinthians neste domingo, em Itaquera. O coordenador de futebol assumiu a equipe de forma provisória na última quinta-feira e só terá todo o grupo à disposição no sábado, último dia para armar o time antes do duelo válido pela sétima rodada do Campeonato Paulista.

“Você tem que ter uma gestão de pessoas e relacionamento. Isso é o mesmo forte de um técnico hoje em dia. Não terei tempo para fazer muita coisa, mas tenho o tempo necessário para sentar com os jogadores para ficarmos um pouco mais leves”, disse, em entrevista coletiva, após o treino desta sexta-feira.

LEIA MAIS
Mancini fala sobre reforços e elogia Pato
Pablo treina com reservas e time segue indefinido

A preocupação em elevar o moral do elenco se deve ao cenário caótico em que o São Paulo se encontra. Eliminado precocemente na Copa Libertadores, o Tricolor contabiliza seis derrotas, um empate e apenas três vitórias na temporada, números que inviabilizaram a permanência de André Jardine.

“O São Paulo está jogando, de forma mental, muito travado. O atleta tem que ter um pouco mais de prazer. É necessário que você acabe levando ao jogador alguma coisa diferente. Se não dá para fazer no treino, vamos na fala, na metodologia de jogo e na estratégia para a partida, para que o atleta entenda que houve uma mudança”, avaliou.

O Majestoso será apenas o primeiro de uma série de jogos com Mancini no comando. Ele passará o bastão para Cuca somente após o Paulistão, uma vez que o técnico contratado ainda passa por tratamento cardiológico.

Na entrevista, duas situações hipotéticas foram citadas. Na primeira, Mancini sai vitorioso e campeão estadual. Na segunda, ele não consegue fazer o time evoluir. Questionado sobre ambos os cenários, o interino apenas garantiu que fará o São Paulo melhorar.

“Imaginei a primeira e gostaria que o Cuca chegasse antes, o mais rápido possível. Além de estarmos falando de um ser humano que vem passando por um momento diferente na vida… teríamos o Cuca. A segunda eu não vi, pois tenho certeza que o São Paulo vai melhorar. Se vamos atingir 100% em tudo, é difícil dizer, mas vai melhorar”, concluiu.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com


Sandro Forner não será mantido na comissão técnica do São Paulo

Prefeitura nega ação punitiva e faz compromisso com alojamentos

Raí lamenta problemas no São Paulo em 2019

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui