Copa América no Brasil: O que esperar da seleção de Tite?

0
44

Principal desafio da Seleção Brasileira em 2019, a Copa América, que será disputada aqui mesmo em solo verde-amarelo, terá seu pontapé inicial no dia 14 de junho com a partida entre Brasil e Bolívia, no estádio do Morumbi, em São Paulo, e terminará no dia 7 de julho, com a grande final marcada para o Maracanã, no Rio de Janeiro.

Após o fiasco da equipe comandada por Tite na Copa da Rússia em 2018, é grande a expectativa para ver qual será o comportamento da Seleção na primeira competição oficial após o treinador gaúcho ter seu contrato renovado para mais um ciclo de 4 anos à frente do time nacional.

Getty ImagesJogos da Copa América serão realizados de 14 de junho a 7 de julho.

O caminho da Seleção, ao menos na primeira fase, tem tudo para ser bastante tranquilo. O sorteio dos grupos acabou favorecendo os pentacampeões, que caíram no Grupo A ao lado de 3 equipes sem muita expressão no cenário do futebol mundial: Bolívia, Venezuela e Peru.

Além de encarar os bolivianos na abertura do torneio, dia 14 de junho, no Morumbi, a equipe de Tite terá como desafios na primeira fase a Venezuela, dia 18, na Arena Fonte Nova, em Salvador, e o Peru, 4 dias depois, na Arena Corinthians, novamente em São Paulo.

Ao todo, serão 12 seleções, incluindo duas convidadas asiáticas (Catar e Japão), lutando pelo título da Copa América. Os jogos serão disputados em 5 cidades — São Paulo, Rio de Janeiro, Salvador, Porto Alegre e Belo Horizonte — e 6 sedes, duas delas em São Paulo.

Buda Mendes via Getty ImagesApós campanha ruim na Rússia, Tite comandará Seleção por novo ciclo de 4 anos.

Após 3 décadas, pressão está de volta

O Brasil não sediava uma edição de Copa América desde 1989. Na ocasião, com Romário vivendo fase inspiradíssima, a Seleção comandada por Sebastião Lazaroni bateu o Uruguai na grande final por 1 a 0, com gol do “Baixinho”, e conquistou o título da competição.

Foi o primeiro título importante da equipe nacional após a conquista do tricampeonato mundial na Copa do Mundo do México, em 1970. Agora, 3 décadas depois, o País volta a sediar uma Copa América com a mesma obrigação de título.

Tite, que antes era considerado unanimidade nacional, ainda conta com o apoio maciço dos torcedores e de boa parte da mídia especializada, mas já começou a ter alguns pontos de seu trabalho questionado — principalmente por conta de algumas convocações inexplicáveis à primeira vista.

Por conta disso, a grande dúvida que paira no ar é: o que esperar da Seleção de Tite na competição? O treinador, nos primeiros amistosos pós-Copa, fez poucos testes em relação ao time que fracassou na busca pelo hexa na Rússia.

O lado positivo foi a descoberta de um atacante bastante talentoso e que não fazia parte do grupo: Richarlison, ex-Fluminense, e hoje no Everton, da Inglaterra, não sentiu o peso da camisa e mostrou que tem potencial até para ser titular da equipe.

O jogador, inclusive, poderá mesmo herdar uma posição entre os 11 principais do grupo, principalmente se a principal estrela da constelação brasileira não reunir condições de entrar em campo.

ASSOCIATED PRESSMais uma vez, Neymar é dúvida para a Copa América.

Neymar, mais uma vez, é a maior preocupação

O destino parece não estar do lado de Neymar quando a Seleção Brasileira mais precisa dele. Assim como ocorreu às vésperas da Copa da Rússia, o craque do Paris Saint-Germain sofreu uma grave contusão e dificilmente chegará com 100% de suas condições para a disputa da Copa América.

A lesão, aliás, é a mesma que por pouco não o tirou da Copa do Mundo, e que visivelmente prejudicou seu desempenho nos gramados russos: uma fratura no quinto metatarso, o popular dedinho, do pé direito.

Neymar se contundiu no jogo contra o Strasbourg, dia 23 de janeiro, e talvez tenha que ser submetido a uma intervenção cirúrgica. Se desta vez obedecer fielmente o cronograma estabelecido pelos médicos para sua recuperação, ficará ao menos 4 semanas sem qualquer contato com a bola.

O jogador está praticamente descartado por Tite para o amistoso do dia 26 de março diante da República Tcheca, em Praga. O treinador chegou a afirmar, em entrevista coletiva, que “pode até perder o emprego, mas não colocará a saúde de um atleta em risco”.

Caso passe realmente por uma cirurgia, Neymar também perderá um importante duelo pela Liga dos Campeões da Europa pelo Paris Saint-Germain, dia 12 de fevereiro, contra o Manchester United, pelas oitavas de final da principal competição do continente.

Grupos e Tabela da Copa América 2019

Grupo A (Brasil, Peru, Venezuela e Bolívia)

14/6 (sexta-feira) — Brasil x Bolívia (Morumbi, 21h30min)

15/6  (sábado) —Venezuela x Peru (Arena Grêmio, 16h)

18/6 (terça-feira) —Bolívia x Peru (Maracanã, 18h30min)

18/6 (terça-feira) —Brasil x Venezuela (Fonte Nova, 21h30min)

22/6 (sábado) —Bolívia x Venezuela (Mineirão, 16h)

22/6 (sábado) —Peru x Brasil (Arena Corinthians, 16h)

Grupo B (Argentina, Colômbia, Paraguai e Catar)

15/6 (sábado) —Argentina x Colômbia (Fonte Nova, 19h)

16/6 (domingo) —Paraguai x Catar (Maracanã, 16h)

19/6 (quarta-feira) —Argentina x Paraguai (Mineirão, 21h30min)

19/6 (quarta-feira) — Colômbia x Catar (Morumbi, 18h30min)

23/6 (domingo) — Catar x Argentina (Arena Grêmio, 16h)

23/6 (domingo) — Colômbia x Paraguai (Fonte Nova, 16h)

Grupo C (Uruguai, Chile, Japão e Equador)

16/6 (domingo) — Uruguai x Equador (Mineirão, 19h)

17/6 (segunda-feira) —Japão x Chile (Morumbi, 20h)

20/6 (quinta-feira) — Uruguai x Japão (Arena Grêmio, 20h)

21/6 (sexta-feira) — Equador x Chile (Fonte Nova, 20h)

24/6 (segunda-feira) — Equador x Japão (Mineirão, 20h)

24/6 (segunda-feira) — Chile x Uruguai (Maracanã, 20h)

Quartas de final

27/6 (quinta-feira) — 1A x 3B/C (J19, Arena Grêmio, 21h30min)

28/6 (sexta-feira) — 2A x 2B (J21, Maracanã, 16h)

28/6 (sexta-feira) — 1B x 2C (J20, Arena Corinthians, 20h)

29/6 (sábado) — 1C x 3A/B (J22, Fonte Nova, 16h)

 Semifinais

2/7 (terça-feira)— V19 x V21 (J23, Mineirão, 21h30min)

3/7 (quarta-feira) — V20 x v22 (J24, Arena Grêmio, 21h30min)

 Terceiro lugar

6/7, sábado — P23 x P24 (Arena Corinthians, 16h)

 Final

7/7 (domingo) — V23 x v24 (Maracanã, 17h)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui