Auxiliar de Tite, Cléber Xavier elogia evolução “natural” de Militão

0
27

Em agosto de 2018, Éder Militão deixou o São Paulo rumo ao Porto, de Portugal, com status de promessa. E em poucos meses em solo europeu, o jovem defensor se tornou uma realidade, acumulando boas atuações, chamando a atenção do Real Madrid, que está em vias de anunciá-lo como reforço para a próxima temporada, e sendo convocado para a Seleção Brasileira, que na voz de Cléber Xavier, é algo natural.

Em entrevista ao jornal português A Bola, o auxiliar de Tite na Seleção Brasileira elogiou a maturidade e o desempenho de Militão no Porto, considerando natural que as atuações tenham chamado a atenção de um dos maiores clubes do planeta. Ainda assim, Cléber Xavier ponderou para a necessidade de uma constante evolução por parte do zagueiro.

Veja também: Dinheiro do São Paulo é entrave na negociação entre Real Madrid e Militão

Militão deve ser anunciado como jogador do Real Madrid a partir da próxima temporada (Foto: Divulgação/Porto)

“Se for confirmada a ida de Éder Militão para o Real Madrid, vejo isso como um passo natural. Assim aconteceu com o Danilo e o Alex Sandro, que saíram do Porto para clubes ainda maiores (Real Madrid e Juventus, respectivamente). O Militão é um jogador muito concentrado, muito dedicado e está muito bem. Tinha certeza que ele teria sucesso na Europa”, disse Cléber.

“Não gosto muito de dizer que um jogador está pronto, ainda mais tão jovem, porque todos estão sempre a crescer e a desenvolver novas características”, completou o auxiliar.

Apesar de ter jogado boa parte de sua passagem pelo time profissional do São Paulo como lateral-direito, Militão iniciou sua trajetória na Europa jogando como zagueiro, sua posição de origem, considerada pelo membro da comissão técnica da Seleção como a que o jovem melhor rende. Atualmente, porém, com a contratação de Pepe pelos Dragões, o brasileiro passou a atuar novamente na lateral.

“É preciso ver também como vai ficar a situação do Militão agora com o Pepe. Se ele vai continuar na lateral ou regressar à zaga. Não tenho dúvidas de que ele rende mais como zagueiro central, visto as suas características na marcação, na bola aérea, no entendimento da linha de defesa”, finalizou Cléber Xavier.


Neymar posta vídeo do processo de recuperação da lesão no pé

Após expulsão na Seleção sub-20, Rodrygo pede desculpas

Após expulsão, Rodrygo aguarda julgamento e é criticado na Espanha

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui