Microsoft patenteia roupa magnética para interações com objetos em VR

0
18

Os aparelhos de realidade virtual vêm evoluindo bastante ao longo dos últimos anos, e com dispositivos como o Oculus Rift e o HTC Vive, já é possível vivenciar simulações de altíssima qualidade e “traduzir” muito bem os nossos gestos reais para os mundos digitais dos jogos. Iniciativas como a de esteiras omnidirecionais e roupas com múltiplos motores hápticos tentam aumentar a imersão, mas um aspecto ainda não foi solucionado: como tornar a nossa interação direta com objetos virtuais mais realista, impedindo que nossos dedos “atravessem” paredes ou objetos que deveriam ser sólidos? É isso que a nova patente da Microsoft pode solucionar.

A empresa de Redmond submeteu documentos para uma tecnologia chamada de Atuador Magnético Flexível. A novidade usaria duas camadas de eletroímãs flexíveis – possivelmente costurados em algum tipo de tecido, como em luvas ou trajes completos – em juntas como as dos dedos ou cotovelos para limitar o movimento dos nossos corpos reais quando estivéssemos tocando ou interagindo de alguma forma com itens dentro de uma simulação.

roupa vr magnética microsoft

Os ímãs sobrepostos poderiam ter seus níveis de atração variados dinamicamente, permitindo aumentar a resistência dos movimentos ou até interrompê-los totalmente em determinada direção. Assim, seria possível imitar a sensação de contato com materiais com diferentes níveis de resistência, chegando a sólidos concretos. Caso se torne real, a novidade seria um passo interessante na direção de trajes VR como os vistos em “Jogador Nº1”, mas como esse ainda se trata apenas de um pedido de patente, o processo ainda deve levar bastante tempo se realmente for levado adiante.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui