Médium João de Deus se entrega à polícia e é preso em Goiás

0
16

Considerado foragido pela Polícia Civil desde as 14 horas de sábado (15), o médium João Teixeira de Faria, o João de Deus, se entregou às autoridades neste domingo.

Acusado de ter abusado sexualmente de mais de 300 mulheres, João de Deus se encontrou com a diligência da policia na encruzilhada de uma estrada de terra no município de Abadiånia, às margens da BR 060, em Goiás.

A negociação foi conduzida pelo advogado do acusado, Alberto Toron, diretamente com o delegado geral da Polícia Civil.

Segundo a reportagem da Folha, João de Deus chegou no veículo de um de seus advogados ao local marcado e estava sendo aguardado por três viaturas policiais.

O médium chegou a passar mal momentos antes de se entregar e precisou tomar uma medicação específica para cardíacos, relatou o jornal.

Antes de se entregar, João de Deus chegou a ser procurado pela polícia em mais de 30 endereços. Neste domingo saiu a informação também de que o médium teria movimentado R$ 35 milhões em aplicações financeiras após ter o pedido de prisão expedido.

Na quarta-feira (12), em sua primeira aparição pública após o escândalo, João de Deus disse que é inocente e que está à disposição da Justiça.

“Irmãos e minhas queridas irmãs, agradeço a Deus por estar aqui. Quero cumprir a lei brasileira. Estou nas mãos da Justiça. O João de Deus ainda está vivo”, declarou

O médium, que tem 76 anos, fundou em 1976 a Casa Dom Inácio de Loyola, em Abadiânia (GO). O município tem cerca de 12 mil habitantes e fica a 110 km de Brasília e de Goiânia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui