Cruzeiro programa conversa com nova diretoria do Flamengo em busca de parcelamento

0
37
Mancuello não deve seguir no Cruzeiro em 2019 (Leonardo Morais/Light Press/Cruzeiro)

O Cruzeiro luta contra os problemas financeiros. A Raposa está com pouco dinheiro e precisa de evitar problemas com os clubes que deve. Diante disso, a agremiação mineira programa uma conversa com a nova diretoria do Flamengo para discutir a situação de Mancuello.

Em entrevista a Rádio Itatiaia, o vice-presidente da Raposa, Itair Machado, relatou que pretende marcar uma reunião com Rodolfo Landim, na próxima semana, com proposta de parcelamento da dívida do Cruzeiro com o Rubro-Negro carioca.

“O presidente (Wágner Pires de Sá) está conversando com o presidente eleito do Flamengo, acho que semana que vem vai ao Rio, vai propor o parcelamento em mais três vezes. O que aconteceu foi que nossa folha aumentou muito, por causa dos impostos, que gerou em torno de R$ 8 milhões mensais, que acabou recentemente. Isso vai dar folga ao Cruzeiro”, destacou.

Interessante é que no ato da contratação no início da temporada 2018, o Cruzeiro precisou se sujeitar a cláusulas “anti-calote” para evitar que a Raposa não fizesse os pagamentos. O time celeste pagou uma parte a vista e parcelou o restante, mas não conseguiu arcar com os boletos de financiamento.

Na mesma proporção que o Cruzeiro não honrou com os pagamentos ao Flamengo, Mancuello não cumpriu o que era esperado dele dentro das quatro linhas. O volante foi pouco utilizado e, quando entrou em campo, teve rendimento abaixo do esperado. No fim das contas, ele fez 38 jogos realizados com a camisa azul estrelada, marcou três gols e deve deixar Belo Horizonte.


Cruzeiro alfineta Corinthians e diz que proposta a Sassá partiu de intermediários

Corinthians desmente Cruzeiro e nega proposta de R$ 10 mi por Sassá

Cruzeiro confirma que Timão e Grêmio tentaram contratar Thiago Neves

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui