Wilson diz que fica no Coxa. Emprestados devem sair.

0
25
Wilson é um dos jogadores mais regulares do Coritiba (Divulgação/CFC)

A semana do Coritiba foi de muita especulação e poucas notícias concretas sobre a formação do time para a próxima temporada. A diretoria ainda trata da lista de atletas do grupo atual que deve ou não permanecer para a próxima temporada, com forte sinalização de que a mudança deve ser radical. Entretanto, alguns nomes terão que ser muito estudados antes de uma decisão final.

É o caso do goleiro Wilson. Maior ídolo atual do torcedor coxa-branca, um dos poucos poupados das críticas após um ano de insucesso, o arqueiro alviverde tem um os salários mais altos do elenco e contrato até 2020, interessando a alguns clubes. Goiás e Avaí já teriam feito sondagens. O jogador, entretanto, nega que planeje sair. ““Em virtude de algumas notícias relacionadas ao meu futuro, gostaria de esclarecer que tenho vínculo com o Coritiba até final de 2020 e em nenhum momento eu ou meus representantes negociaram qualquer situação relacionada ao Avaí, clube o qual temos o absoluto respeito”, disse.

Já a situação dos emprestados é mais complicada. São três atletas que retornam e não devem ficar no Alto da Glória. O zagueiro Walisson Maia, que estava no Vitória, o volante Matheus Galdezani, no Atlético-MG e o meia Ruy, no América-MG. A tendência é pela negociação dos jogadores com outros clubes.


Coxa inicia montagem do grupo para 2019 planejando chegadas e saídas

Santos libera Matheus Ribeiro; quatro clubes têm interesse

Suspeitos viram réus e denúncia contra Cristiana é aceita no caso Daniel

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui